Metoclopramida

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Metoclopramida

Mensagem  mantorras em Dom Jun 22, 2008 7:56 pm

Medicamento: Metoclopramida ---> pág. 739-742 do GFPE

Género/Classificação: Antiemético e estimulante gastrintestinal.

Indicações: Prevenção de vómitos devidos a quimioterapia; tratamento de estase gástrica pós-cirúrgica ou diabética; facilitação da intubação do intestino delgado nos procedimentos radiográficos; tratamento do refluxo esofágico; tratamento e prevenção das náuseas e vómitos pós-operatórios quando a asptaração nasogástrica é indesejável.

Acção: Bloqueia os receptores de dopamina na zona de disparo dos quimiorreceptores do SNC. Estimula a motilidade do tracto gastrintestinal superior e acelera o esvaziamento gástrico. Diminuição das náuseas e dos vómitos. Diminuição dos sintomas de estase gástrica. Facilidade de passagem do tubo nasogástrico no intestino delgado.

Efeitos Secundários:
- SNC: agitação, sonolência, fadiga, reacções extrapiramidais, depressão, discinésia tardia, irritabilidade, ansiedade;
- Cardiovascular: arritmias (supraventriculares, bradicardia), hipertensão, hipotensão;
- Gastrintestinal: obstipação, diarreia, náuseas, boca seca;
- Endocrinológico: ginecomastia.

Absorção: Tracto gastrintestinal, mucosa rectal e locais IM - boa.

Distribuição: Amplamente distribuído nos tecidos e nos fluídos corporais. Atravessa a barreira hemato-encefálica e a placenta. Passa para o leite materno em maiores concentrações do que no plasma.

Metabolização e Excreção: Metabolizado parcialmente pelo fígado; Eliminado sem alteração na urina (25%).

Semi-vida: Entre 2,5 e 5 horas.

Cuidados a ter/a observar: Avaliar os sintomas de hipertiroidismo ou tireotoxicose (taquicardia, palpitações, nervosismo, insónia, febre, diaforese, intolerância ao calor, tremores, perda de peso, diarreia); Avaliar o desenvolvimento do hipotiroidismo (intolerância ao frio, obstipação, pele seca, cefaleias, apatia, cansaço, fraqueza) - pode ser necessário o reajustamento da posologia; Avaliar a existência de erupção ou aumento de volume de nódulos linfáticos cervicais - se ocorrer o tratamento deve ser suspenso. Cuidados: A contagem leucocitária total e diferencial deve ser monitorizada durante a terapêutica - possível agranulocitose.

Outros: Administração via PO.

mantorras

Mensagens: 3
Data de inscrição: 19/06/2008
Idade: 26
Localização: Queijas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum