Perindopril

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Perindopril

Mensagem  taty_gloria em Dom Jun 22, 2008 3:10 pm

Medicamento: Perindopril

Género/Classificação: Anti-hipertensor

Indicações: hipertensão arterial, Insuficiência cardíaca.

Acção: Inibidor da enzima de conversão da angiotensina I em angiotensina II que, como outros fármacos afins (enalapril, cilazapril, trandolapril, lisinopril), desenvolve uma activa acção terapêutica sobre a hipertensão arterial e a insuficiência cardíaca congestiva.

Efeitos Secundários: cefaleia , distúrbios do humor e/ou do sono, astenia, perturbações digestivas, distúrbios do paladar, vertigens e cãimbras, algumas erupções cutâneas localizadas, tosse seca, irritante e alta, distúrbios sexuais e secura da boca. No plano biológico, pode ser observada uma discreta diminuição da hemoglobina, que aparece no início do tratamento, discreta elevação da calemia; com uma eventual associação a um diurético hipocalemiante volta ao normal. Elevação da ureia e da creatinina, reversíveis com a paragem do tratamento.

Absorção: Por via oral é rápida (pico de concentração numa hora) e importante (biodisponibilidade: 65% a 70%).

Metabolização e Excreção: O perindoprilato é eliminado por via urinária e a semi-vida da sua fracção livre é, em média, de 3 a 5 horas. A dissociação da ligação do perindoprilato à enzima de conversão da angiotensina conduz a uma semi-vida de eliminação efectiva de 25 horas

Semi-vida: O perindopril é transformado em perindoprilato, metabólito activo. A semi-vida plasmática do perindopril é de uma hora. A taxa de biotransformação em perindoprilato é de aproximadamente 20%. O pico de concentração plasmática do perindoprilato é atingido em 3 a 4 horas. A alimentação diminui a transformação em perindoprilato e, portanto, a sua biodisponibilidade. O volume de distribuição é próximo de 0,2 l/kg para o perindoprilato livre. A fixação às proteínas é pouco importante, inferior a 30%.

Cuidados a ter/a observar: Prevenir o médico em caso de insuficiência renal, de dieta rigorosa sem sal, de tratamento com diurético (requer controle periódico do potássio e da creatinina).
Em caso de intervenção cirúrgica, prevenir o anestesista da toma de Perindopril
durante o primeiro mês de tratamento com um inibidor da ECA.
Deverão ser cuidadosamente monitorizados os níveis de glicémia no diabético
previamente medicado com antidiabéticos orais ou insulina.

Contra-indicações: não deve ser usado durante a gravidez nem por mulheres que amamentam
avatar
taty_gloria

Mensagens : 2
Data de inscrição : 20/06/2008
Idade : 29
Localização : Seixal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum